Arquitetura e Engenharia Civil: como essas duas profissões se completam no mercado

É comum para o estudante da graduação ter dúvidas e incertezas quanto sua trajetória no mercado depois de formar, principalmente em áreas afins como a Arquitetura e Engenharia Civil. Se esse é o seu caso, não se sinta sozinho.

Sabemos que decidir o que estudar, que profissão escolher, que área seguir, não é nada fácil, tanto se você está começando agora algum curso sem nenhuma bagagem como se já teve contato com algumas áreas do mercado de trabalho em sua vida.

Pensando em te ajudar, no artigo de hoje falaremos sobre essas duas profissões e como elas se complementam no mercado para eliminar suas dúvidas e te dar a certeza de qual caminho trilhar! Acompanhe conosco:

Quais as similaridades entre Arquitetura e Engenharia Civil?

Se você ainda está no início da graduação, pode ser uma surpresa descobrir que o curso de Arquitetura envolve diversos conhecimentos ligados à área da Engenharia Civil. Dimensionamento de forças, análise de composição de terrenos e cálculo estrutural são só alguns deles.

Ao mesmo tempo, o arquiteto é aquele profissional que concilia a parte de exatas com conhecimentos de humanas, e por isso durante o curso você também verá disciplinas que abordam a história da arte, perspectivas antropológicas sobre a moradia, além da análise da ocupação nos centros urbanos.

O arquiteto também pode especializar em comunicação visual e ficar responsável pelo design de móveis ou definição de padrões de comunicação.

Contudo, o caminho mais tradicional para graduados em Arquitetura é o que passa pela construção civil. O arquiteto, nesse caso, é quem fica responsável por elaborar a planta de um projeto, pensando na distribuição dos espaços internos. E é aqui que seu trabalho se encontra com o do engenheiro civil.

Cabe a esse realizar o cálculo e dimensionamento das colunas, vigas, da distribuição de cargas e determinação das ferragens e dos materiais envolvidos na obra a partir do projeto desenvolvido pelo arquiteto.

O resultado é que essas duas duas áreas intercambiam. Ou seja, os dois profissionais podem ficar responsáveis por várias atividades durante a elaboração e execução do projeto. Inclusive, tanto engenheiros quanto arquitetos podem ficar responsáveis por gerenciar e assinar projetos de obras.

Como saber que fiz a escolha certa de curso?

Apesar das duas carreiras se esbarrarem dentro do mercado de trabalho, a escolha entre uma e outra é importante para sua satisfação pessoal e sucesso profissional. Sem dúvidas, existem diversas similaridades entre os dois cursos, contudo é preciso considerar também as diferenças entre eles.

Como o engenheiro civil é quem faz os cálculos estruturais e dimensionamento das cargas e esforços para uma obra, sua formação também estará muito mais focada em disciplinas de exatas, que envolvem cálculo matemático, do que a formação do arquiteto.

Do outro lado, o profissional de arquitetura é quem deve considerar elementos como iluminação, conforto, ventilação, prazer visual, utilização lógica do espaço e estética, além da harmonia do projeto como um todo. Para isso é que seu foco de estudo se divide entre a área de exatas (com algumas disciplinas de cálculo) e de humanas, como falamos acima.

O engenheiro civil também pode se especializar em áreas específicas da indústria da construção, como a das obras públicas, com o planejamento dos transportes, construção de estradas, viadutos e pontes, estações sanitárias, dimensionamento de tubulações etc.

Já o arquiteto, conforme mencionamos, possui uma formação que lhe permite trabalhar com design de móveis e objetos, comunicação visual e paisagismo, se distanciando bastante da construção civil.

Portanto, a escolha certa do curso vai depender das suas afinidades, aptidões e desejos profissionais. Qualquer que for a escolha, as duas carreiras possuem uma boa colocação no mercado para quem se dedica e busca se tornar um profissional renomado.

imagem arquitetura e engenharia

Como me tornar um profissional renomado no mercado?

Seja para se tornar um engenheiro ou arquiteto, é preciso se dedicar para ter uma carreira de sucesso. A sazonalidade do mercado de construções e do mercado imobiliário exige dessas duas profissões cuidados para driblar as oscilações na demanda por seus serviços.

E para que você saiba como fazer isso, separamos abaixo algumas dicas para se capacitar e fazer seu nome no mercado de trabalho:

Desenvolva seu espírito de liderança

Possuir espírito de liderança é ponto crucial para quem lida com projetos de construção civil. Tanto arquiteto quanto engenheiros podem ficar responsáveis pela fiscalização e execução de uma obra, e para que não haja problemas é necessária saber liderar e gerenciar equipes, aumentando a produtividade e os lucros.

Conheça bem seus custos e serviços

Principalmente quem sonha em abrir seu próprio escritório de projetos, deve conhecer bem os custos de cada um dos seus serviços, sejam eles variáveis ou fixos.

Desde a concepção da ideia até a emissão final do projeto, deve-se ater a um bom gerenciamento de todos os dados técnicos, incluindo o controle da sua execução e da quantidade de horas orçadas para cada etapa do processo. Com isso, é possível evitar prejuízos e que os gastos fiquem fora do controle.

Tenha uma boa comunicação interpessoal

A comunicação deve ser outro ponto forte tanto do profissional de arquitetura quanto do de engenharia. Isso porque, por lidar com projetos de construção ou design, essas duas áreas estão em contato direto com clientes, dependendo da comunicação com eles para realizar o trabalho de acordo com o que esperam.

Se especialize em alguma área

O consumidor de hoje valoriza profissionais que são especializados em alguma área. Não adianta atirar para todo lado, a segmentação em um nicho específico faz com que você tenha cada vez mais conhecimentos sobre essa área, agregando também mais habilidades para trabalhar dentro dela e com isso destaque nesse mercado.

Utilize as melhores ferramentas e recursos

Por último, profissionais de Arquitetura e Engenharia Civil precisam dispor das melhores ferramentas para realizar seus projetos. Materiais técnicos e especializados para a área são fundamentais para garantir um bom atendimento aos clientes e qualidade na execução dos seus serviços.

Curtiu nosso post? Já escolheu qual área vai seguir na sua carreira? Comente abaixo e compartilhe conosco!

 

Share this post

Deixe uma resposta